RS - Antônio Prado

Antônio Prado

Situada no alto da Serra Gaúcha a uma altitude de 658 metros, com aproximadamente 14 mil habitantes, Antônio Prado foi a última colônia italiana criada pela governo imperial. Em 1886, os primeiros italianos se instalam na região, dedicando-se à pequena agricultura. Atualmente, é considerada a cidade com maior influência italiana no Brasil. Seu nome é uma homenagem ao conselheiro Antônio da Silva Prado, idealizador da imigração italiana no Brasil. Em 1995, a cidade recebeu a equipe de filmagens de O Quatrilho, o segundo filme brasileiro a ser indicado ao Oscar. Algumas ruas da área central tiveram os paralelepípedos cobertos de terra e os postes de iluminação foram retirados para que fossem recriadas as ruas da cidade de Caxias do Sul da época da colonização italiana.

Circulando por Antônio Prado

Antônio Prado é considerada a cidade mais italiana do Brasil, tem como ponto forte a cultura herdada dos seus imigrantes, através das construções, da gastronomia, do vestuário e do dialeto Vêneto. A cidade busca valorizar não só o patrimônio material, mas também a cultura popular através do patrimônio imaterial. As manifestações culturais, o dialeto falado diariamente pelos moradores e o artesanato, fazem parte do dia a dia dos moradores locais, preservando assim, os costumes e os antigos hábitos dos imigrantes. Antônio Prado é uma cidade que encanta a todos que por ela passa.

Centro Histórico

O município possui um Patrimônio Histórico e Artístico, constituído por casas de madeiras e alvenaria, que foram construídas no final do século XIX e início do século XX pelos imigrantes italianos. Essas casas foram tombadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 1989, com 48 edificações localizadas nas principais ruas do centro da cidade. As zonas mais íntegras são o quadrilátero que envolve a Praça Garibaldi, que mantém sua configuração original quase inteiramente intacta, onde estão a Igreja Matriz, a Prefeitura e a avenida Valdomiro Bocchese, com vários trechos originais contínuos e muitos exemplares isolados. É o maior acervo arquitetônico em área urbana referente à Imigração Italiana no Brasil, sendo considerado de suma importância para a preservação da cultura e identidade nacional. Para informações mais detalhadas sobre cada imóvel acesse: antonioprado.com.br/turismo.

Museu Municipal / Casa da Neni

Construída em 1910, a casa de madeira abrigava na parte térrea uma ourivesaria e, no andar superior, a moradia da família de Antônio Bocchese. Com o falecimento de Antônio, a ourivesaria virou uma lojinha onde sua filha Joana Magdalena Bocchese (conhecida como Neni) vendia artigos variados. Foi a primeira casa a ser tombada, e está inscrita no livro tombo de Belas Artes. A Casa da Neni é para a comunidade e visitantes o símbolo do Patrimônio Histórico de Antônio Prado. Atualmente abriga a Central de Informações ao Turista e o Museu Municipal, onde objetos e peças ambientados aos cômodos da casa preservam e contam o modo de viver das famílias e a história da formação do Município. Em 1995, a casa serviu também como cenário para o filme "O Quatrilho", juntamente com outras casas desta mesma rua. Telefones para contato: (54)3293-5656 / (54)3293-1500.

Praça Garibaldi

A Praça Garibaldi fica localizada no coração da cidade, ao redor dela estão os prédios históricos, como a Igreja Matriz, a Prefeitura e as casas tombadas pelo IPHAM. Esta praça homenageia Giuseppe Garibaldi, herói da Revolução Farroupilha e da Unificação da Itália.

Igrejas

- Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus: Construída em alvenaria de 1891 a 1897. Em 1911, chegaram puxados por carretas, os três sinos da igreja: o maior, pesa 890 quilos e o menor, 464 quilos. Em 1912 foi erguido ao lado esquerdo da igreja, o campanário de madeira para abrigar os novos sinos.
- Santuário Madonna di Monte Bérico: Localizada na Linha 21 de Abril, em 1996 a Capela comemorou seu centenário e, através de pedido feito pelo Círculo Cultural Ítalo brasileiro de Antônio Prado, recebeu do Conselho Administrativo da Basílica de Monte Bérico, em Vicenza/Itália, uma nova imagem que substituiu a trazida pelos imigrantes.
- O interior de Antônio Prado possui várias capelas, dentre elas: Capela Santa Lúcia, Capela Nossa Senhora de Fátima e Capela Imaculada Conceição.

Escadaria da Fé

Duas escadarias ligam o Centro Histórico às proximidades da Gruta Natural, ao longo da subida, encontram-se 25 capitéis que demonstram a devoção religiosa do povo da cidade. A subida nos privilegia a cada patamar, com um belo visual de Antônio Prado.

Gruta Natural Nossa Senhora de Lourdes

Local de reflexão e fé. Perto do Centro Histórico, a furna natural rodeada de exuberante vegetação e uma pequena fonte d‘água, abriga desde a década de 1930 a imagem de Nossa Senhora de Lourdes, padroeira do Município. No local encontra-se um campanário construído na década de 40 em madeira e que abriga o sino doado na época.

Linha 21 de Abril

Atualmente a Linha 21 de Abril é um distrito de Antônio Prado, mas até os anos 80, a linha era a principal saída para quem quisesse ir em direção a Flores da Cunha e Caxias do Sul. Durante este período o local tinha um grande número de emprendimentos, podendo ser considerado uma extensão do centro da cidade. Nessa estrada são contempladas lindas paisagens e na área central da comunidade pode-se fazer uma viagem ao tempo através da nostalgia dos antigos casarões. O local permite viasitas ao Moinho Francescatto, Ferraria do Marsílio, Santuário da Madona de Monte Bérico, Cave do Imperador, aos doces da Dona Margarida e ao Restaurante do Vale.